Adeus 2016, não vou ter saudades tuas

new-year

 

2016 está na reta final e, portanto, é tempo de balanços e throwback. É tempo de parar um bocadinho de toda a loucura inerente à nossa vida em geral e, a este mês em particular, olhar para trás, olhar para a frente, agradecer tudo e fazer planos, porque águas passadas não movem moinhos. Pessoalmente, assim no geral e, em apenas uma palavra, 2016 foi um ano difícil (para não ferir qualquer tipo de suscetibilidades em dizer merda). Recuo até Janeiro e posso concluir que foi sempre going down. Bom, se calhar estou a exagerar e a ser ingrata, mais não seja porque foi passado com saúde e porque todos os que amo estiveram comigo e já sabemos isso é tudo. No entanto, coisas menos boas aconteceram e infelizmente dominaram e, portanto, não foi um ano que leve na memória como positivo, que vá ter saudades, e que muito menos queira voltar a repetir. Ainda assim, nem tudo foi mau, 2016 trouxe também coisas boas e centremo-nos nisso, que as coisas boas são as mais importantes.

Blog – Dia 8 de Agosto veio ao mundo este lindinho e, desde então, tenho-me divertido imenso. Não me tenho dedicado tanto quanto eu gostaria, porque com as aulas e tudo mais torna-se complicado, mas sempre que posso e quero, cá estou eu. Um obrigada a todos vocês que estão desse lado e que perdem um bocadinho do vosso tempo para vir aqui.

Corridas – Em setembro aventurei-me no maravilhoso mundo das corridas (e ainda bem, correr faz bem à alma), mas atualmente está um bocadinho parado, mas espero em 2017 voltar em carga.

Escolar – Foi um bom ano escolar, no entanto, há sempre espaço para obter melhores resultados e melhorar mais e mais. Este ano também cheguei à final nacional de concursos importantes, juntamente com o meu grupo, o que me deixou extremamente feliz. Em 2017, é voltar a concorrer e, desta vez, para GANHAR!!

Futebol – Um dos momentos épicos do ano, quando fomos CAMPEÕES EUROPEUS!!! Já que o Porto foi o que se viu (sem comentários), valeu-nos a seleção.

E mais… – Jantares com amigos, momentos em família, festas, um verão fantástico, boas saídas, boas conversas e muito mais.

Assim no geral, o bom do meu ano foi isto. 2016 foi um ano de muita turbulência, onde muitas coisas aconteceram, e com tudo isso foi o ano em que eu mais cresci e aprendi. Aprendi essencialmente que nós somos mais fortes do que imaginamos, que existem coisas que simplesmente não valem a pena o nosso esforço e que pessoas que nós nunca imaginaríamos que saíssem da nossa vida, na maioria das vezes saem, e temos que aprender a lidar com isso. Que 2017 seja um ano completamente diferente deste, para melhor claro. Temos 365 dias pela frente. 365 dias podem mudar muita coisa e, muitas coisas boas estão à nossa espera. Si prépara 2017, que eu vou lhe usar. Sejam felizes =)

Anúncios

2 thoughts on “Adeus 2016, não vou ter saudades tuas

  1. Ana Bonvin diz:

    Bom, pelos vistos o ano 2016 foi para muita gente um ano sem interesse, para mim tambem! Mas o ano 2017 eu sinto que é o meu ano, com muitas mudanças (ja as sentia em setembro, e senti com razao) entre março e maio (2017) vou mudar para de casa (casarao), o namorado ja fala em casamento, a empresa onde trabalho foi vendida a uns italianos por isso vamos mudar de marca,mas ha uns 20 e tais lojas que vao fechar (nao sabemos quem), mesmo assim vou fazer cursos para guardae crianças em minha casa ( adoro crianças), vou fazer a carta de conduçao, e se tudo correr bem no final do ano 2017 vamos fazer um bébé!
    Desejo te uma boa passagem de ano! E escrevo te para o proximo ano 😉

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s